Melhores da Base

Notícias |

Campeonato Mundial Sub-20 de 1993 | 17/10/2017 às 00:00:00

Brasil 2x1 México - Mundial Sub-20 de 1993

Valendo a liderança do Grupo D


O México diminui o placar num golaço de Nieto de falta



          No dia 09 de Março de Março de 1993 o Brasil enfrentava o México ainda pela fase de grupos do Campeonato Mundial Sub-20 valendo a vaga nas Quartas-de Finais, acabou classificando em primeiro e o México em segundo no grpo D.


Ficha da partida


 
México 1x 2 Brasil      
Local: Estádio Hindmarsh. Árbitro: Carlos Graser (Austrália). Gols: Adriano, Gian e Nieto. Cartões Amarelos: Gonzalez, Gelson Baresi, Amante, Bruno Carvalho e Catê.
 
México
1 Oswaldo Sanchez 2 Amante 3 Solis 4 Davino e 6 Gonzalez. 5 Carlos Gonzalez 18 Salazar e 10 Garcia (Sol). 7 Sanchez 9 Olalde (G. García) e 17 Nieto. Técnico: Juan Castillo
 
Suplentes 12 Maldonado 13 Munguia 14 Cruz 8 G. García 11 Guadarrama 15 Astiia e 16 Sol

Brasil
1 Dida 2 Bruno Carvalho 3 Gelson Baresi 4 Juarez e 6 Wagner. 5 Marcelinho Paulista 11 Yan (Argel) e 10 Adriano (Hermes). 7 Catê 9 Gian e 11 Caíco. Técnico: Julio Cesar Leal
 
 
Suplentes 12 Fábio Noronha 13 André Ceará 14 Argel 15 Hermes 8 Emerson 17 Fabinho Pontes e 18 Jardel




           Há 24 anos a Seleção Brasileira Sub-20 conquistava o título da categoria na Austrália. A final foi vencida por 2 a 1 contra Gana. A história mostrou que nem todos os atletas do time nacional tiveram destaque no futebol. 


Quem se destacou:

Dida – Construiu uma carreira fantástica. Goleiro titular da Seleção Brasileira por muitos anos, sendo titular na Copa de 2006. Tem três Copas no currículo. Foi Campeão Mundial em 2002, ganhou o Mundial de Clubes com o Corinthians (2000) e com o Milan (2007). Dida conquistou a Libertadores de 1997 com o Cruzeiro. Contabiliza outros troféus ao longo da carreira. 

Jardel – Exímio cabeceador. virou ídolo no Grêmio (Campeão da Libertadores), no Porto (Portugal) e Sporting (Portugal). Ganhou muitos títulos em Portugal. Infelizmente, o atacante teve carreira prejudicada pelo consumo de álcool e drogas. Seus últimos anos como jogador foram deprimentes. Aproveitou a fama com a torcida gremista e conseguiu se eleger deputado estadual no Sul

Quem teve boas passagens
 
Gelson Baresi - Seus seis primeiros anos no futebol foram bons, ganhou o Campeonato Brasileiro com o Flamengo em 1992. No Cruzeiro faturou a Libertadores de 1997, passou por Fluminense, Coritiba entre outros clubes, mas sem destaque, se aposentou
 
Adriano - Meia com ótima passagem pelas Categorias de Base da Seleção Brasileira, Boa passagem pelo time de cima do Guarani, também passou por São Paulo entre outros.
 
Argel - Zagueiro viril, começou no Internacional, com boas passagens pelo Santos, conquistando a Copa Conmebol de 1997, atualmente é técnico.
 
Juarez - Saiu da Portuguesa no início da carreira, foi para o futebol Suíço, onde jogou até 1999, indo para a Itália ficou até 2006, onde encerrou a carreira na Udinese, atualmente é Treinador.

Caíco - Surgiu como promessa do Internacional, mas não foi tudo que esperavam, ainda esteve no Flamengo e Santos...



Veja como foi a boa vitória do Brasil sobre o México



« voltar




Giro da base


DESTAQUES

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSOS INFORMATIVOS


MELHORES DA BASE © 2015 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS