Melhores da Base

Notícias |

Campeonato Mundial Sub-17 de 1997 | 24/09/2018 às 09:32:00

Final do Mundial Sub-17 de 1997

Brasil 2x1 Gana


Jogadores e Comissão comemoram a conquista inédita



      No dia 21 de setembro de 1997, o Brasil entrou em campo contra Gana pela final da Copa do Mundo Sub-17 com dois objetivos: conquistar o título, até então inédito, e vingar a derrota sofrida para os ganeses dois anos antes. No Mundial de 1995, disputado no Equador, a Seleção foi derrotada na decisão por 3 a 2 pelos africanos.
 
Para acompanhar a revanche brasileira, o Estádio Internacional do Cairo, no Egito, recebeu um visitante especial: o Rei do Futebol Pelé, que se acomodou em meio às cadeiras do estádio e viu uma grande exibição do jogador que vestia a camisa de número 10 tão usada por ele: Ronaldinho Gaúcho.
 
Gana chegou até a decisão com quatro vitórias e apenas um empate na campanha. A equipe africana deixou pelo caminho a Espanha, uma das sensações da competição. O Brasil, por sua vez, venceu todos os seus cinco jogos antes da final, anotou 19 gols e foi vazado somente em uma oportunidade.
 
 

Ronaldinho na Seleção Sub-17 em 1997
Ronaldinho foi o destaque na decisão contra Gana


O jogo começou ruim para a Seleção Brasileira, que sofreu um gol aos 37 minutos da primeira etapa. Após cruzamento que passou por toda a área, Owusu Afriyie completou para a rede. Assim como em 1995, Gana saiu na frente, mas dessa vez o desfecho foi diferente. Minutos depois da volta do intervalo, o técnico Carlos César trocou o meia Diogo Rincón por Geovanni.
 
A reação brasileira veio na segunda etapa, e nasceu dos pés de Ronaldinho. Aos 18 do segundo tempo, o camisa 10 trouxe a bola pelo lado esquerdo e bateu cruzado depois de boa jogada individual. O goleiro espalmou nos pés de Matuzalém, que completou para as redes. Tudo igual.
 
A Seleção Brasileira viu a situação se complicar quando, aos 30 minutos da segunda etapa, perdeu o seu artilheiro na competição, Fábio Pinto. O centroavante, que marcou quatro gols ao longo da competição, foi expulso após agredir um dos defensores de Gana e deixou o time com um a menos em campo.
 
Apesar do cenário adverso, o Brasil soube controlar a partida e foi cirúrgico na hora de garantir a vitória e o primeiro título mundial. Aos 42 minutos do segundo tempo, Ronaldinho recebeu a bola na intermediária e deixou Andrey na boa para virar o jogo: 2 a 1 para a Seleção, que esperou pelo apito final para dar a volta olímpica em solo africano.

Relação do Brasil
 
1 Fábio União Bandeirante-PR
2 Andrey São Paulo
3 Rogério Palmeiras
4 Fernando Flamengo
5 Abel Vasco da Gama
6 Jorginho Palmeiras
7 Diogo Rincón Internacional-RS
8 Ferrugem Palmeiras
9 Fábio Pinto Internacional-RS
10 Ronaldinho Grêmio-RS
11 Matuzalém Vitória-BA
12 Raniere América-MG
13 Flávio Fluminense
14 Henrique Vasco da Gama
15 Gavião Grêmio-RS
16 Adiel Santos
17 Geovani Cruzeiro
18 Anaílson Rio Branco-SP

Ficha da Final
 
Brasil 2x1 Gana
Local: Estádio Osman Ahmed. Árbitro: Terje Hauge (Noruega). Gols: Afriyie, Matuzalém e Andrey. C. Amarelos: Abel, Abdul Issah e Abbey. C. Vermelhos:Fábio Pinto.  
 
Brasil 
1 Fábio 2 Andrey (Henrique) 15 Gavião 4 Fernando e 6 Jorginho. 5 Abel 8 Ferrugem 10 Ronaldinho e 11 Matuzalém (Rogério). 7 Diogo Rincón (Geovani) e 9 Fábio Pinto. Técnico: Carlos César
 
Suplentes: 12 Raniere 3 Rogério 13 Flávio 14 Henrique 16 Adiel 17 Geovani e 18 Anaílson.
 
Gana
1 Boateng 5 Issah 15 Dan Quaye 3 Razak 4 Awule Quaye (Owusu) 6 Hamza 9 Adjogu 11 Ansah 7 Abbey (Coffie)10 Godwin Attram 18 Afriyie. Técnico: Emmanuel Afranie
 
Suplentes: 16 Abubakari 2 Owusu 14 Okyere 8 Yakubu 12 Kingston 13 Johnson Eku e 17 Coffie.
 


Assista aos melhores momentos da Final



« voltar




Giro da base


DESTAQUES

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSOS INFORMATIVOS


MELHORES DA BASE © 2015 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS