Melhores da Base

Notícias |

BASE SP | 28/07/2015 às 04:46:22

FPF se reúne com clubes do interior para discutir Categorias de Base


SITE FPF

Na sexta-feira (24/07) na sede da Federação Paulista de Futebol ocorreu uma reunião entre o vice-presidente executivo da entidade, Fernando Solleiro, e representantes de Ponte Preta, Red Bull Brasil, Ituano, Botafogo, Osasco Audax, São Caetano, Novorizontino, Desportivo Brasil e Tanabi.
 
O encontro que durou cerca de duas horas serviu para que a FPF pudesse entender as demandas dos clubes do interior com relação às Categorias de Base e debatesse as ideias já discutidas com Corinthians, Palmeiras, São Paulo e Santos na semana passada.
 
Fernando Solleiro, falou sobre a mentalidade que a nova diretoria da FPF pretende implantar. “Queremos ouvir mais os clubes, entender as dificuldades que encontram e queremos cada vez mais abrir as portas para melhorar cada vez mais o futebol paulista. Esse é o primeiro trabalho que estamos fazendo e achamos melhor começar pela Categoria de Base que é o nosso futuro”, disse.
 
Os principais pontos discutidos nas reuniões foram em relação ao sistema de transferência de jogadores de Base e mudanças técnicas nos torneios organizados pela Federação Paulista de Futebol nas categorias Sub 20, Sub 17, Sub 15, Sub 13 e Sub 11. A FPF analisará as propostas e reivindicações dos clubes em busca de melhoras para torneios a partir de 2016.
 
Convidado para coordenar as conversas com os quatro principais clubes do estado e presente na segunda reunião, Thiago Scuro, do Red Bull Brasil, falou sobre a iniciativa da FPF. “Na minha visão é um divisor de águas para o futebol de base do estado. Os clubes tem a oportunidade de opinar no âmbito técnico e isso é importantíssimo. Os profissionais presentes já trabalharam em diversos clubes e tem conhecimento de mercado. A partir desse momento em que clubes e federação estão sentados para discutir, todos tem responsabilidade pelo que vem pela frente”, analisou.
 
Coordenador de futebol do Ituano, Thiago Cruz ressaltou a importância dos clubes do interior e a importância de também serem escutados nestas decisões. “É muito importante os clubes estarem sendo ouvidos em questões que nós somos experts do assunto, lidando com a realidade da Base. Temos que chegar num denominador comum para ter a melhor solução para melhorar o futebol paulista e consequentemente o brasileiro. Sabemos que se acabarem os clubes médios e pequenos não existe futebol. Os clubes do interior sempre foram os celeiros onde os próprios times grandes se utilizam para buscar os atletas”, disse.
     



« voltar




Giro da base


DESTAQUES

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSOS INFORMATIVOS


MELHORES DA BASE © 2015 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS