Melhores da Base

Notícias |

Mini Copa Dente de leite de 1972 | 21/01/2018 às 15:20:00

Mini Copa 'Dente de leite' realizada em 1972

Vencida pela "Guanabara"


Seleção do campeonato eleita pelos Jornalistas convidados pela revista Placar



      De 19 a 23 de abril de 1972, em Brasília foi realizada a primeira Mini-Copa Dente de Leite (para garotos de 13 e 14 anos), patrocinada pelo Ministério de Educação e Cultura – MEC em comemoração ao décimo segundo aniversário da Capital Federal.
Participaram as seleções do Distrito Federal, Goiás, Guanabara, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo.
Pela seleção de Brasília o destaque foi o ponta-direita Júnior que depois contratado pelo Flamengo passou s er chamado de Júnior "Brasília".
A seleção de São Paulo foi representada pelo Corinthians. Os destaques foram o goleiro Décio, o menos vazado da competição (sem sofrer nenhum gol), o meia Nobre e o lateral-direito Moisés (irmão do também latareal, Zé Maria).
Na Seleção de Minas Gerais, oito jogadores pertenciam ao Atlético Mineiro, sendo o seu maior destaque o centro-avante Reinaldo. Outro destaque era o ponta-esquerda Éder, na época pertencendo ao América. 
Na seleção da Guanabara, os destaques foram o meio-de-campo Dufrayer, o centro-avante Charles (vice-artilheiro com 4 gols) e o ponteiro-esquerdo Gilson, mais tarde conhecido como Gilson "Gênio".
Nas seleções do Rio de Janeiro e Goiás, os destaques foram Rogério e Portinho, respectivamente, que integraram a seleção dos melhores da competição.
A abertura oficial da competição aconteceu com o desfile das delegações no Estádio Pelezão, local de todos os jogos. As partidas tiveram duração de 60 minutos (30 x 30) no sistama de ponto corrido.

A seleção da competição escolhida por jornalistas convidados pela revista Placar ficou assim escalada: 
Décio (São Paulo), Moisés (São Paulo), Rogério (Estado do Rio de Janeiro), Carlos (Guanabara) e Nenê (Distrito Federal). Nobre (São Paulo), Dufrayer (Guanabara) e Portinho (Goiás). Júnior 'Brasília' (Distrito Federal), Reinaldo (Minas Gerais) e Gilson (Guanabara).

Em Tempo:
O atual Rio de Janeiro só foi unificado em 1975, com a fusão de "Guanabara" e "Estado do Rio de Janeiro".

 
1ª Rodada
Distrito Federal 2 x 0 Goiás
(Gols: Moreira e Carlos)
Minas Gerais 0 x 0 São Paulo
Guanabara 2 x 0 Estado do Rio de Janeiro
(Gols: Gilson 'Gênio' (2))
 
2ª Rodada
Distrito Federal  0 x 1 Estado do Rio de Janeiro
(Gol: Sílvio)
São Paulo 1 x 0 Goiás
(Gol: Piloto)
Guanabara 1 x 1 Minas Gerais
(Gols: Charles e Reinaldo)

3ª Rodada
Distrito Federal 0 x 2 Guanabara
(Gols: Charles (2))
São Paulo 2 x 0 Estado do Rio de Janeiro
(Gols: Tião (contra) e Wilson)
Minas Gerais 2 x 0 Goiás
(Gols: Reinaldo e Haroldo)
 
4ª Rodada
Distrito Federal 0 x 0 São Paulo
Guanabara 1 x 0 Goiás
(Gol: Charles)
Estado do Rio de Janeiro 3 x 0 Minas Gerais
(Gols: Sílvio (3))
 
5ª Rodada
Distrito Federal 0 x 0 Minas Gerais
Estado do Rio de Janeiro 1 x 0 Goiás
(Gol: Sílvio)
São Paulo 0 x 0 Guanabara
 

Classificação Final
 
1º Guanabara
2º São Paulo
3º Estado do Rio de Janeiro
4º Minas Gerais
5º Brasília
6º Goiás
 
Artilheiros: 
5 Gols - Sílvio (Estado do Rio). 04 Gols - Charles (Guanabara).
 
 

 



« voltar




Giro da base


DESTAQUES

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSOS INFORMATIVOS


MELHORES DA BASE © 2015 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS