Melhores da Base

Notícias |

Curiosidade | 12/03/2018 às 22:00:00

Qual melhor Goleiro BRASILEIRO com a letra "C" VIU jogar ?

Meus Cinco preferidos são esses


Os cinco melhores Goleiros BRASILEIROS com a letra "C" que eu VI jogar são esses 


Qual o melhor Goleiro BRASILEIRO, VIU jogar ? lembrando que só vale Goleiros BRASILEIROS e que VIU jogar.
 
Imagem relacionada
Goleiro muito regular, que disputou três Copas do Mundo. atualmente é Treinador de Goleiros do São Paulo



      O melhor que vi jogar foi o Carlos Ex-Ponte Preta, Corinthians e outros. Goleiro seguro que disputou três Copa do Mundo, Duas vezes Bola de Prata da revista Placar, 1980 e 1982, como melhor Goleiro do Brasil, disputou e venceu os Jogos Pan-Americanos de 1975, disputou as Olimpíadas de 1976.


Os melhores Goleiros BRASILEIROS que Vi jogar foram esses


CARLOS
Carlos Roberto Gallo (Vinhedo, 04 de Março de 1956) começou na Ponte Preta, disputou três Copas do Mundo (1978 / 1982 / 1986) , depois foi para o Corinthians, Malatyaspor da Turquia, retornou ao Brasil para jogar no Atlético Mineiro, ainda passou por: Guarani, Palmeiras, encerrou a carreira na Portuguesa de Desportos, aos 37 anos. 


CARLOS GERMANO
Carlos Germano Schwambach Neto (Domingos Martins, 14 de Agosto de 1970) começou nas Categorias de Base do Vasco da Gama, omde virou ídolo da torcida, tendo usado sua camisa por 632 vezes, depois passou por: Santos, Portuguesa de Desportos, Botafogo do Rio de Janeiro, entre outros, Fez 09 partidas pela Seleção Brasileira principal, Campeão Sul-Americano de 1988 pela Seleção Brasileira Sub-20, na Copa do Mundo de 1998 era reserva de Taffarel, defendendo o Vasco da Gama entre 1991 e 1992 atingiu a marca de 933 minutos sem sofrer gols. Bola de Prata da revista Placar como melhor Goleiro de 1997. Atualmente trabalha como Auxiliar Técnico e Treinador de Goleiros.


CÁSSIO
Cássio Ramos (Veranópolis, 06 de Junho de 1987) começou nas Categorias de Base do Grêmio, Campeão Sul-Americano de 2007 pela Seleção Brasileira Sub-20, só fez três partidas pelo time de cima, aos 20 anos foi negociado com o PSV Eindhoven, rápida passagem pelo Sparta Rotterdam, até ser repatriado pelo Corinthians, quando chegou não tinha 40 partidas como profissional, virou ídolo da torcida, onde já tem mais de 300 jogos pelo clube. Entrou para história com os títulos da Libertadores e Mundial de clubes ambos em 2012, onde foi o melhor Goleiro da Libertadores e no Mundial de Clubes, ficou com a Bola de Ouro, 7º Melhor Goleiro do Mundo pelo IFFHS (Federação Internacional de História e Estatisticas de Futebol). Em 2015 melhor Goleiro do Brasileiro eleito Craque do Campeonato (Rede Globo) e Troféu Mesa Redonda (Tv Gazeta) que voltou a ganhar em 2017, no mesmo ano recebeu a Bola de Prata da revista Placar como melhor Goleiro. Pela Seleção Brasileira principal só tem uma partida e como ainda atua, tem muito a evoluir.


CLEMER
Clemer Melo da Silva (São Luís, 20 de Outubro de 1968) iniciou no Moto Clube do Maranhão, depois passou por: Guaratinguetá, Santo André, Catanduvense, retornou ao Maranhão para defender o Maranhão, depois Ferroviário do Ceará, até ser contratado pelo Clube do Remo, onde se destacou nacionalmente, depois Goiás, Portuguesa de Desportos, Flamengo, onde jogou 232 partidas e Internacional onde virou ídolo , com 354 partidas, sendo o Goleiro campeão da Libertadores e do Mundial de Clubes em 2006, encerrou a carreira em 2010, foi Treinador de Goleiros, mas atualmente é Tecnico.


CANTARELI
Antônio Luís Cantareli (Além Paraíba, 26 de Setembro de 1953) Defendeu o Flamengo praticamente toda sua carreira, tendo uma rápida passagem pelo Náutico, em 1983. Jogou pelo Flamengo de 1973 a 1989. Defendeu o rubro-negro por 557 vezes. É o goleiro que mais atuou pelo clube. Virou Treinador de Goleiros.

Esses são meus cinco preferidos... 

Também destaco outros bons Goleiros Brasileiros com a letra "C" que vi jogar: 

Carlão (Londrina, Botafogo, entre outros), Chico (Grêmio, Ceará, entre outros), César (Palmeiras), Colonesi (Juventus), Caetano (Vasco da Gama) e Carlos Pracidelli (Juventus, Londrina, entre outros). E os que não vi jogar: Castilho (Fluminense), Caxambu (São Paulo, Portuguesa de Desportos, entre outros), Célio (Coritiba)

Os ótimos Goleiros "estrangeiros", que não entram nessa lista, por serem só os BRASILEIROS:

Chilavert (Paraguai), Courtois (Bélgica), Corbo e Cejas (ambos do Uruguai).


 
 
 



« voltar




Giro da base


DESTAQUES

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSOS INFORMATIVOS


MELHORES DA BASE © 2015 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS